Sardinhas escaladas com crosta de broa de Serpins




8 Sardinhas grandes
160gr de broa previamente triturada (utilizei broa de Serpins, muito conhecida nesta zona)
Sumo de limão
4 c. chá de maionese magra
Orégãos para polvilhar (utilizo caseiros da minha horta)
Azeite, sal e pimenta

Para acompanhar:
Salada de tomate, pepino e cebola branca ou roxa
Salada de folhas

  1. Arranje as sardinhas, abra-as ao meio e retire-lhe a espinha central e as espinhas mais pequenas. Esta operação demora bastante por isso pode utilizar sardinhas já prontas. Existem à venda, congeladas.
  2. Tempere as sardinhas com sal, orégãos, pimenta e sumo de limão, deixe-as repousar cerca de 10 minutos.
  3. Triture a broa no robot e reserve.
  4. Forre um tabuleiro de forno com papel vegetal e deposite as sardinhas com a pele virada para baixo.
  5. Espalhe a maionese em cada uma delas e cubra com a broa, espalmando um pouco com as pontas dos dedos para a broa aderir ao peixe.
  6. Regue com o azeite e leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC cerca de 15 minutos ou até dourar.
  7. Sirva acompanhadas com as saladas referidas acima ou como bem entender.
  8. Esta receita serviu-me como refeição principal mas poderá servi-la como entrada.


bem vind@ (letras pretas)

Arroz com frango desfiado e legumes (dieta)


Serve para 1 ou 2 refeições, dependendo da sua fome :)

3 c. sopa rasas de arroz cru (serve qualquer um, mas tenha sempre em atenção o tempo que demora a cozer, dependendo do tipo que escolher)
1/2 chávena de frango previamente desfiado, com 3 ou 4 rodelas de salsicha de aves
1/2 chávena de caldo de frango +-
1 Folha de couve pequena em juliana
2 floretes de couve flor em pedaços bem pequenos (equivalente a 1/4 chávena+-)
1/4 de cenoura em pedaços pequenos
1 c. sopa de cebola picada
1 c. sopa azeite
1 dente de alho picado
Sal se necessário, mas provavelmente não será preciso pois o caldo já estará no ponto certo de sal, contudo fica ao seu critério, juntar mais ou não.

  1. Para obter o caldo, coza a carcaça de 1 frango por 40 minutos, até a carne ficar bem cozida  (de forma a sair do osso com facilidade) e desfie-a depois de arrefecer. Se sobrar frango desfiado, poderá congelar para outras utilizações.
  2. Volte a colocar a água de cozer o frango ao lume e deixe reduzir até obter metade da quantidade do liquido inicial. Retire 1/2 chávena para esta receita e poderá congelar a restante para outras utilizações.
  3. Corte todos os legumes em pedaços pequenos, coloque-os numa panela com água e sal e deixe cozer até ficarem al-dente. Reserve.
  4. Numa frigideira ou tacho pequeno, refogue no azeite, a cebola e o alho picados.
  5. Junte o arroz e salteie por alguns minutos para "fritar" um pouco.
  6. Acrescente o caldo e em lume brando, deixe cozer até ficar al-dente.
  7. Acrescente também os legumes e a carne, deixando cozer tudo junto, se for necessário, acrescente mais um pouco de caldo do frango.
  8. Poderá servir este prato ainda com algum líquido, tipo arroz "malandro" ou então deixar que o líquido seque por completo e servi-lo mais sequinho. Fica bom das duas formas.
  9. Sirva com uma salada verde e bom apetite!


bem vind@ (letras pretas)

Caipirinha



Para cada dose vai necessitar de:

1 Lima
2 c. sobremesa de açúcar amarelo ou mascavado
Gelo picado, até encher o copo
Cachaça a gosto
1 Rodela de lima para a decoração
2 palhinhas curtas
1 copo (tipo whisky)


  • Corte a lima ao meio e retire-lhe o veio central, pois se não o fizer, a caipirinha irá ficar amarga.
  • Corte a lima em cubos pequenos e coloque no copo juntamente com o açúcar.
  • Esmague ligeiramente, a lima com o açúcar.
  • Acrescente o gelo picado e complete com a cachaça a seu gosto. 
  • A quantidade de cachaça vai depender muito do gosto de cada um, por isso convém ser o próprio a servir-se.
  • Sirva de imediato.





bem vind@ (letras pretas)

Sushi e sashimi de salmão



2 folhas de alga Nori (está esta semana à venda no Lidl)

Para o arroz:
150gr de arroz para sushi (está esta semana à venda no Lidl)
375gr de água

  • Coloque a água ao lume e assim que começar a ferver junte o arroz. 
  • Quando levantar fervura, reduza o lume ao mínimo e deixe cozer, tapado, por 10 a 15 minutos, até a água evaporar. 
  • Apague o lume e deixe arrefecer espalhando o arroz numa travessa.

Molho Su: (tempero do arroz)
50ml de vinagre de arroz (está esta semana à venda no Lidl)
10gr de açúcar
1 pitada de sal
1cm de alga Kombu (opcional)

  • Junte todos os ingredientes e leve ao lume até ficar bem quente mas sem deixar ferver.
  • Quando arrefecer, tempere o arroz com este molho, até ficar a seu gosto. Eu provei e não cheguei a utilizá-lo todo. 
  • O restante guardei no frigorífico para utilizar numa próxima oportunidade.


Recheio:
Lombo de salmão bem fresco e sem espinhas nem pele
Recheio do sushi:
  • Corte o salmão em tiras de 1cm de espessura. Tenha o cuidado de utilizar peixe bem fresco e sem espinhas. 

Para o sashimi:
  • Faça bolinhas de arroz, alongando-as, as fatias de salmão irão preencher a superfície do arroz. 
  • A espessura do peixe depende do gosto de cada um. Há quem goste do salmão em fatias mais finas e tem aqueles que preferem-nas mais grossinhas, por isso essa parte fica ao seu gosto.
  • Eu cortei o salmão em fatias mais fininhas como se vê na foto.

Para acompanhar:
  • Molho de soja (está esta semana à venda no Lidl)
  • Apesar de não ter tirado foto, também comprei gengibre em conserva, chamado de “Gari”, acompanha os pratos de sushi para limpar o paladar entre um peixe e outro, além de estimular a digestão. 
Como montar o sushi:
  • Corte as algas ao meio, basta dobrar com cuidado e elas vão partir-se sem nenhum problemas pois são bastante estaladiças.
  • Depois é só ir recheando com o arroz, já frio, utilize a medida de uma bola de ténis mas mais pequena.
  • Espalhe o arroz com as mãos molhadas para evitar que o arroz se pegue às mãos. 
  • Coloque as tiras de salmão no do recheio do arroz e com a ajuda de uma esteira de bambu, vá enrolando o sushi, com firmeza mas sem apertar muito para não prensar o arroz. 
  • Corte em fatias de cerca de 1cm de espessura e coloque num prato. Para facilitar a tarefa vá molhando a faca em água fria, assim o arroz não se pegará à faca. 

Para a próxima vou aventurar-me e fazer "Huramaki", que não é mais que o sushi invertido. O arroz é colocado por fora da alga "Nori", polvilhado com sementes de sésamo e recheado com o salmão, fica com aparência diferente, mais bonita, e a técnica de o enrolar também é outra.

Para o recheio também poderá utilizar outro tipo de peixe como, atum fresco, tiras de abacate, palitos de delicias do mar, salmão fumado, tiras de legumes, etc.

Se for difícil de encontrar o vinagre de arroz poderá utilizar esta receita, não fica igual a original mas também fica delicioso.

50 ml de vinagre sidra
10gr de açúcar
50ml de molho de soja
1 pitada de sal


Depois é só levar ao lume e deixar aquecer bem sem ferver. Deve utilizar em substituição da receita acima. 

Espero que tenham gostado :)


Podem ver outra receita de sushi aqui no blogue.

bem vind@ (letras pretas)

Creme de camarão e ameijoas


1,5Lt de Caldo de camarão (eu aproveitei a água de cozer camarão, aproveitei as cascas do camarão juntei à água de o cozer até totalizar 2 Litros. Deixei cozer até reduzir pela metade. Triturei tudo e passei por um passador fino de forma a retirar todas as cascas, ficando somente o caldo já bem límpido)

1 Cebola bem picada
2 Dentes de alho picados
1 Tomate picado
1 c. sopa de molho de cogumelos (diluido em 2 c. sopa água)
2 c. sopa de amido de milho
1/2 copo de vinho branco
250gr de miolo de camarão
150gr de miolo de ameijoa
Sal a gosto
1 malagueta (facultativo)

Para servir:
Croustons

  1. Numa panela deite o azeite e refogue a cebola, os alhos e o tomate.
  2. Dilua o amido de milho no vinho branco e junte ao refogado, deixando engrossar, sem parar de mexer.
  3. Acrescente metade do caldo do camarão, a molho de cogumelos e deixe cozer uns 4 a 5 minutos. Triture tudo com a varinha mágica.
  4. Junte o restante caldo de camarão e quando levantar fervura junte o miolo de ameijoa, o miolo de camarão, tempere com o sal e a malagueta e deixe cozer uns 10 minutos.
  5. Deixe arrefecer um pouco e sirva morno com os croustons.

Nota: Fica um creme leve e delicioso! Se gostar do creme mais espesso é só acrescentar mais amido de milho à receita.

bem vind@ (letras pretas)