Iogurtes com Calda de Abrunhos e Licor Beirão

Tinha uns abrunhos (ameixas) a ficarem demasiados maduros e resolvi fazer uns iogurtes com eles.
O resultado foram uns iogurtes deliciosos, gostei mesmo :P



Iogurte:
800ml de leite meio gordo
25gr de leite em pó magro
1 iogurte natural
2 c. sopa de adoçante culinário

Para a calda de ameixas (abrunhos):
10 ameixas (tb conhecidos por ABRUNHOS)
4 c. sopa de adoçante culinário
1 tampa medida de licor Beirão

Fazer a calda de ameixas (abrunhos):
Retirar o caroço e partir as ameixas em pedacinhos.
Colocar a fruta numa panela, juntar o adoçante e deixar levantar fervura.
Quando começar a ferver, coza por cerca de 10 minutos e com a colher de pau, vá desmanchando as ameixas. Acrescente o licor e apague o lume.
Coloque esta calda nos 7 copos da iogurteira e reserve.

Iogurte:

  1. Misture o leite com o leite em pó e aqueça-os de forma a quando colocar o dedo no leite, aguente a temperatura.
  2. Junte o adoçante e o iogurte e mexa bem.
  3. Verta a mistura nos copos já com a calda das ameixas e coloque-os (sem tampa) dentro da iogurteira, deixando-os cerca de 10 horas.
  4. Quando estiverem prontos, retire-os e deixe arrefecer. Agora é só tapar e guardar no frigorífico até ficarem bem frescos, para depois servir.
  5. Ficam uma delicia :)


Nota: Se não gostar de encontrar os pedaços da fruta, poderá triturá-los, antes de os adicionar aos copos.


Para quem não conhece....Este foi o fruto que utilizei.
ABRUNHOS
da família das ameixas

bem vind@ (letras pretas)

Tarte de nata com aroma de baunilha


1 base de massa quebrada

Recheio:
1 Litro de leite magro
120gr de farinha de trigo
120gr de frutose
5 gemas + 1 ovo
1/2 vagem de baunilha (raspe as sementes e coloque no leite juntamente com a vagem, no final rejeite a vagem)


  1. Colocar a massa na tarteira e reservar.
  2. Misturar todos os ingredientes do recheio e levar ao lume até engrossar.
  3. Retire a vagem de baunilha e verta o creme na base de massa quebrada.
  4. Leve ao forno a 180ºC até dourar.
  5. Retire e desenforme só depois de frio.
  6. Leve ao frigorífico até à hora de servir.



bem vind@ (letras pretas)

Tarte de fruta fresca e creme de pasteleiro com rum


1 base de massa folhada fresca

Creme de pasteleiro com rum:
500ml de leite magro
1 c. chá de extrato de rum
2 gemas
80gr de farinha de trigo
70gr de frutose

Fruta fresca:
Kiwi
Uvas
Pêssego amarelo
Nectarinas com a casca

Geleia para pincelar (eu usei geleia de maçã e marmelo)

Base:

  1. Colocar a massa folhada na tarteira, picar com um garfo e levar ao forno a 200ºC até dourar.
  2. A meio do tempo retire a base e pique-a novamente para que o balão, que entretanto se formou com a cozedura, baixe e deixe dourar.
  3. Retire do forno e deixe arrefecer completamente.


Creme:

  1. Misture todos os ingredientes e com a varinha mágica, triture tudo para que se forme um creme liso.
  2. Leve ao lume e deixe engrossar. Deixe arrefecer.

Montagem:


  1. Coloque a base de massa já cozida e fria, no prato de serviço e recheie com o creme.
  2. Corte as frutas em fatias finas e disponha-as por cima do creme.
  3. Pincele com geleia e leve ao frigorífico até à hora de servir.



bem vind@ (letras pretas)

Coxas de frango assadas com citrinos e orégãos frescos



4 coxas de frango
1 laranja em gomos
1 limão em gomos
1 lima em gomos
Algumas hastes de orégãos frescos
3 dentes de alho picados
Pimentão em pó para polvilhar
Sal e pimenta
Azeite
2 copos de água
6 batatas médias em cubos


  1. Coloque o frango e as batatas no tabuleiro de forno.
  2. Tempere com o sal, azeite, a pimenta e o pimentão em pó.
  3. Junte as hastes de tomilho, os alhos picados, os citrinos e regue com a água.
  4. Leve ao forno a 220ºC para assar e sirva de seguida.


O frango já assado e prontinho a ir à mesa!

bem vind@ (letras pretas)

Açorda Alentejana



Para cada dose:

1 fatia de pão alentejano
2 ovos
3 c. sopa coentros frescos pisados no almofariz
3 dentes de alho grandes pisados no almofariz
Sal e azeite
Água


  1. Coloque cerca de 350ml de água a ferver com água e sal.
  2. Parta os ovos para dentro e deixe escalfar cerca de 3 minutos, reserve.
  3. Num almofariz pise os alhos, coentros e sal. Acrescente 1 c. sopa de azeite.
  4. Junte à água onde retirou os ovos e deixe levantar fervura.
  5. Num prato fundo coloque a fatia de pão alentejano e os ovos escalfados.
  6. Regue com o caldo bem quente e sirva imediatamente.




bem vind@ (letras pretas)